Esteves


Esteves (Trêsporcento) estreia-se a solo


Depois de passar dois anos a viver em Sydney, Esteves - vocalista e letrista da banda de indie rock Lisboeta Trêsporcento - trouxe consigo um conjunto de memórias e canções que decidiu agora, passados uns anos, partilhar.

Através de folk hipnotizante ancorada na guitarra acústica, são nos mostradas canções simples que nos falam de histórias de amor e perda, muitas delas inspiradas na exuberância e beleza da cidade australiana onde elas nasceram.

O homónimo disco de estreia, de onde saíram os singles “Vista de Cima” e “Fiji”, saiu no final de 2019, estando Esteves já a preparar o seu sucessor.

Em palco, Esteves é acompanhado por João Gil (Diabo na Cruz, You Can't Win, Charlie Brown) no piano, David Santos (Flak, Márcia) no contrabaixo e Raquel Merrelho no violoncelo.

Ouvir o disco de estreia no Bandcamp aqui.


"Esteves canta sobre reencontros e despedidas, realidades, respirações e buracos do coração. (...) O resultado é um disco com 8 canções, despretensioso e intimista, bom para se ouvir tanto na praia no verão como debaixo de uma manta no inverno." | Altamont


""(...)Esteves revisita as suas memórias da cidade australiana através de temas que evocam o amor e a perda numa perspectiva simultaneamente dramática e libertadora. Apoiado na guitarra acústica, Esteves desenvolve um folk sugestivo com influências de Nick Drake e Mark Eitzel, entre outros, onde a harmonia dominante é complementada pela tentativa de enfatizar os sentimentos. A aposta numa interpretação emotiva e a tentativa de tirar proveito da vertente mais solene do piano e das cordas são outros aspectos notórios do seu conceito artístico"." | Scream & Yell (BR)


"Esteves, aposta 2020!" | Álvaro Costa, na Global News


"(...) Agora, a sua voz e a sua poesia chegam em nome próprio, numa subtileza e simplicidade alarmantes. (...) É um disco que exala portugalidade, mas acima de tudo uma visão interior do que nem sempre é óbvio à vista desarmada. " | Blog Bran Morrighan


"(...) Este “folk hipnotizante” é o registo perfeito para que a sua voz envolvente e as suas canções honestas tenham o espaço que merecem. E é por isso que “Esteves” é um dos meus discos de 2019." | Phonograph Me.


Próximos Concertos

11/12

Esteves

Teatro-Cine de Torres Vedras / 21h30 (Com Valter Lobo)

mais informações
mais informações